NOTÍCIAS

UNIDADE DE CURITIBA DA VOLVO COMEMORA 300 MIL VEÍCULOS

9 de outubro de 2015

O Grupo Volvo, fabricante de caminhões e chassis de ônibus, comemora em outubro a produção de 300 mil veículos em seu Complexo Industrial em Curitiba (PR).

O Grupo Volvo, fabricante de caminhões e chassis de ônibus, comemora em outubro a produção de 300 mil veículos em seu Complexo Industrial em Curitiba (PR). O veículo número 300 mil é um caminhão extra-pesado FH 4×2, com motor de 540cv, equipado com caixa de câmbio eletrônica I-Shift, rodas de alumínio e cabine alta XL. “O Brasil é uma importante operação da Volvo, com um mercado exigente e transportadores altamente profissionalizados que demandam por produtos com qualidade e tecnologia”, declara Claes Nilsson, Presidente do Grupo Volvo América Latina.

“Este é um importante marco na história da unidade fabril brasileira”, comemora Jorge Marquesini, Vice-Presidente industrial do Grupo Volvo América Latina. A fábrica paranaense iniciou suas operações em 1979, quando a empresa montou seu primeiro veículo no País, um chassi de ônibus modelo B58. Um ano depois, iniciou-se a produção de caminhões, com a montagem do modelo N10, com motor de 260cv. “A Volvo tem no Brasil uma história de pioneirismo, inovação e tecnologia”, afirma Carlos Morassutti, Vice-Presidente de RH e assuntos corporativos do Grupo Volvo América Latina.

O FH número 300 mil integra a última e mais avançada geração de uma linha de caminhões que vem sendo aperfeiçoada constantemente, desde que a marca iniciou sua fabricação no País, em 1998. O modelo é considerado o caminhão mais seguro do mundo. É reconhecido também por sua grande produtividade, além do baixo consumo de combustível e de emissões. A fábrica de Curitiba é uma das mais avançadas em nível mundial do Sistema Volvo. “Somos referência mundial em qualidade de produto e em gestão de processos”, lembra Marquesini, comentando a alta pontuação que a unidade local possui em qualidade e em manufatura enxuta.

A fábrica paranaense recebeu recentemente investimentos para modernizar a linha de produção de caminhões para poder lançar a nova geração de veículos, além de automatizar e inovar as linhas de pintura e solda de sua fábrica de cabines. Com as mudanças, a montadora introduziu no Brasil e demais países latino-americanos uma nova geração de caminhões, com a mais alta tecnologia e com o maior grau de conectividade do mercado. Os investimentos também melhoraram a qualidade dos veículos, promoveram ganhos ambientais e aumentaram a capacidade de produção.

No segmento de ônibus, a Volvo desenvolveu em Curitiba o ônibus biarticulado, um produto que contribuiu decisivamente para o desenvolvimento dos sistemas organizados de transporte público urbano, os chamados BRT’s (Bus Rapid Transit). “O conceito de alta capacidade de transporte e os benefícios que isso representa foi introduzido pela Volvo”, lembra Luis Carlos Pimenta, Presidente da Volvo Bus Latin America. No complexo industrial de Curitiba existem cinco fábricas: uma de caminhões pesados e semipesados; outra de chassis de ônibus urbanos e rodoviários; uma terceira de motores a diesel; uma quarta de cabines de caminhões e a última de caixas de câmbio eletrônicas.

Fonte: Brasil Mineral
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Centro de Tecnologia de Ferrosos da Vale completa 10 anos

15 de outubro de 2018

A Vale possui um dos mais avançados centros de pesquisas na aplicação de minério de ferro e carvão na siderurgia….

LEIA MAIS

Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS

AngloGold Ashanti realiza simulado de emergência de barragem na comunidade de Barra Feliz

19 de novembro de 2018

Terceiro evento em Santa Bárbara mobiliza moradores. Mais de 240 se envolveram na ação, 60% do público-alvo. Próximo treinamento ocorrerá…

LEIA MAIS