NOTÍCIAS

Uso de drones é regulamentado pela Anac

5 de maio de 2017

Mercado de drones no país espera crescer 30% neste ano com novas regras. Equipamento é cada vez mais usado em mineração e agronegócios

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou, na terça-feira (2), a regulamentação para o uso de drones, que visa dar mais segurança para a operação dos equipamentos, além de promover o desenvolvimento da modalidade de aviação. Segundo o CEO da MundoGeo, Emerson Granemann, os equipamentos são usados, na mineração, para realizar levantamentos, substituindo métodos tradicionais e impactando na minimização da presença de pessoas na mina.
 
O idealizador da feira DroneShow Latin America, que acontece neste mês em São Paulo, afirmou, em entrevista por e-mail ao Notícias de Mineração Brasil (NMB) nesta quarta-feira (4) que hoje no país existem cerca de 720 empresas que atuam no setor, e a expectativa é que o mercado de drones tenha crescimento de 30% neste ano.
 
No caso da mineração, Granemann afirma que o setor tem potencial de utilização de drones "muito grande". "Sensores embarcados, GPS e sofisticados software de processamento de imagens permitem mapear estoques, mapear alvos de exploração, gerenciar e inspecionar áreas e estruturas, quantificar e qualificar estoques e pilhas de minério, de forma constante e regular, com execução em curtíssimo tempo, e resultados momentâneos. A acurácia dos levantamentos realizados pelos drones permite a substituição dos métodos tradicionais e impacta na minimização da presença de pessoas na mina", declarou ao NMB.
 
De acordo com a Advocacia Geral da União (AGU), que participou da elaboração da regulamentação do uso de drones, parte das regras segue parâmetros estabelecidos por autoridades da aviação civil nos Estados Unidos e na Europa. As aeronaves remotamente pilotadas, ou simplesmente RPAs, foram divididas em três categorias: classe 1, para modelos com mais de 150 kg; classe 2, para modelos entre 25 kg e 150 kg; e classe 3, para modelos abaixo de 25 kg.
 
As normas são mais rigorosas com os drones de maior porte e mais flexíveis com os menores. Equipamentos de até 250g, por exemplo, estão isentos de qualquer cumprimento de regra, cadastro ou documentação. Usuários de aparelhos que tenham entre 250g e 25 kg deverão fazer um cadastro simplificado no site da Anac. Já os maiores e com mais capacidade de voo deverão obter um registro. O regulamento prevê, ainda, algumas restrições para voos realizados em áreas urbanas e próximas a terceiros.
 
Outra novidade é que fica proibido pilotar drones sobre pessoas, a não ser que elas tenham dado autorização para isso. Sem essa autorização, será preciso respeitar uma distância de 30 metros de pessoas, com exceção dos órgãos de segurança pública.
 
Segundo a Anac, para pilotar aeronaves não tripuladas RPA, os pilotos remotos e observadores, que auxiliam o piloto remoto sem operar o equipamento, devem ter no mínimo 18 anos. Para pilotar aeromodelos não há limite mínimo de idade.
 
"O setor não era regulamentado, portanto tudo é novo. Agora existem regras, que vão garantir melhor controle de qualidade e segurança. Equipamentos serão registrados, projetos terão que ser aprovados e pilotos licenciados para determinadas operações além dos limites estabelecidos", disse Granemann. 
 
 
Notícias de Mineração Brasil
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Belo Horizonte receberá seminário sobre Barragens de Rejeitos

22 de outubro de 2018

As barragens de rejeito estarão em foco na segunda edição do Seminário UK-Brazil Mining Forum. O evento será realizado em Belo…

LEIA MAIS

Julio Nery é nomeado diretor de Sustentabilidade e Assuntos Regulatórios do IBRAM

28 de janeiro de 2020

O Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) aprovou a nomeação de Julio Cesar Nery Ferreira para assumir cargo de diretor…

LEIA MAIS

Comitiva Brasileira marcará presença na edição de 2019 do PDAC

19 de setembro de 2018

Considerado um dos mais tradicionais eventos de mineração mundial, o Prospectors and Developers Association of Canada será realizado em Toronto…

LEIA MAIS