NOTÍCIAS

Vale atinge recorde de produção de 91.8 Mt de minério de ferro no segundo trimestre de 2017

21 de julho de 2017

A quantidade de minério de ferro produzida no período foi de 91,8 Mt, índice 5,8% superior ao relatório do segundo trimestre de 2016, o 2T16

A Vale obteve recorde na produção de minério de ferro durante o segundo trimestre de 2017. É o que aponta o segundo Relatório de Produção trimestral da mineradora (2T17), divulgado nesta quinta-feira, 20 de julho. O documento traz um panorama sobre as operações da empresa durante o período. A quantidade de minério de ferro produzida no período foi de 91,8 Mt, índice 5,8% superior ao relatório do segundo trimestre de 2016, o 2T16. O ramp-up do S11D no Sistema Norte é um dos fatores que justificam a marca alcançada.
 
 
Confira abaixo os resultados detalhados dos nossos produtos:
 
Minério de ferro
 
A produção de minério de ferro da Vale foi de 91,8 Mt no 2T17, alcançando recorde no segundo trimestre do ano. O valor foi superior em 5,6 Mt em comparação com o 1T17. Fatores como a melhor performance operacional no Sistema Norte e a sazonalidade climática explicam os bons resultados. A produção foi 5,0 Mt maior do que no 2T16 devido ao ramp-up de S11D no Sistema Norte e ao ramp-up das novas plantas de beneficiamento e britagem no Sistema Sudeste.
 
Já a produção de pelotas da Vale atingiu a marca de 12,2 Mt no 2T17, índice 1,7% menor do que no 1T17. O resultado pode ser creditado a paradas programadas para manutenção em uma linha da planta de pelotização de Omã. O valor alcançado foi 21,5% superior quando comparado ao 2T16, devido, principalmente, a paradas para manutenção no 2T16 e à retomada de produção na planta de Fábrica em julho de 2016.
 
Níquel
 
A produção de níquel atingiu 66 mil t no 2T17. O valor é 7,7% inferior ao do 1T17 e 16,0% abaixo do 2T16. O resultado é creditado à reconstrução do forno #2 em preparação para a transição para operar com forno único em Sudbury, além da parada programada para manutenção, também em Sudbury.
 
Carvão
 
Os resultados referentes à produção de carvão foram positivos no 2T17. A mineradora obteve recorde de 3,0 Mt, com a produção originada exclusivamente nas operações de Moçambique. O total produzido foi 24,8% e 101,8% maior do que no 1T17 e no 2T16, respectivamente, com dois terços da produção total correspondendo a carvão metalúrgico.
 
Cobre
 
A produção de cobre foi de 100.8 t no 2T17, ficando 6,2% e 4,6% abaixo do 1T17 e do 2T16, respectivamente. A redução ocorreu, principalmente, em função da menor produção em Sudbury, devido a paradas programadas para manutenção nas plantas de superfície e nas minas.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Alunorte e UFPA assinam novo acordo para pesquisas de uso do resíduo de bauxita, dessa vez na produção de agregado sintético

13 de outubro de 2020

A Alunorte anuncia novo acordo com a Universidade Federal do Pará (UFPA) para pesquisa sobre o uso do resíduo da bauxita na…

LEIA MAIS

IBRAM realiza pesquisa sobre o que o público gostaria de ver na próxima edição da EXPOSIBRAM

8 de outubro de 2018

O que você gostaria de sugerir para a próxima edição da  Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM)? Considerada a principal vitrine…

LEIA MAIS

Série de vídeos mostra a verdadeira mineração do Brasil

10 de abril de 2018

A extração dos recursos naturais é uma atividade que sempre foi exercida pelo homem. É na natureza que ele busca…

LEIA MAIS