NOTÍCIAS

Vale deve investir R$ 10 bilhões em extração de potássio na Argentina

20 de julho de 2012

rnPresidente da Argentina disse que mineradora brasileira realizará aportes para extração de potássio na província de Mendoza.rnA presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou que a mineradora Vale realizar&a

rn

Presidente da Argentina disse que mineradora brasileira realizará aportes para extração de potássio na província de Mendoza.

rn

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou que a mineradora Vale realizará investimentos de vinte e um bilhões e meio de pesos (cerca de R$ 10 bilhões) para extração de potássio na província de Mendoza, o que deve ajudar equilibrar a balança comercial entre os dois países.

rn

A confirmação oficial deste investimento chegou a ser duvidada depois da nacionalização da petroleira YPF, em maio passado, criticada por dirigentes da companhia brasileira, de acordo com a imprensa local.

rn

“Cem por cento desta produção, que será de quatro bilhões de toneladas serão destinados à agricultura e servirão também para equilibrar nossa balança comercial com o Brasil”, disse a presidente.

rn

Atualmente, a Argentina acumula vários meses de déficit comercial com o Brasil. A presidente sugeriu que a Vale sinaliza “confiar” no país ao realizar o empreendimento.

rn

Segundo ela, o projeto da Vale foi “colocado em dúvida” pelo que chamou de “integrantes do clube do desânimo”, de acordo com a agência oficial Telam. Cristina disse estar “satisfeita” com o fato de o projeto ser realizado por uma empresa brasileira.

rn

“Desde que Kirchner (ex-presidente Nestor Kirchner) assumiu (em 2003) a relação da Argentina com o Brasil deu uma guinada de cento e oitenta graus e os dois Estados deixaram de se ver como rivais”, afirmou.

rn

A presidente disse ainda que Argentina e Brasil são “verdadeiros sócios estratégicos para impulsar o desenvolvimento de toda a região e contribuir para a economia global em momentos difíceis”. De acordo com a presidente, a extração de potássio por parte da empresa Vale transformará a Argentina “no quinto produtor e no terceiro maior exportador mundial” do produto.

rn

O empreendimento chamado Potássio Rio Colorado está localizado a aproximadamente duzentos quilômetros do município de Malargue, em Mendoza, e inclui diferentes etapas de produção e distribuição do potássio e construção de linhas férreas e um porto para o escoamento do material, de acordo com o jornal bito Financiero.

rn

Recentemente, assessores do governo de Mendoza disseram que haviam sido iniciadas obras na região para abrir caminho para as atividades da Vale no local.

rn

 

Fonte: Estadão.com.br

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Vale cria Diretoria de Investimento Social

10 de dezembro de 2018

Hugo Barreto, ex-secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, será o responsável pelos projetos sócio-culturais da empresa e pela Fundação Vale A…

LEIA MAIS

Participe do I Seminário de Extensionismo Técnico Mineral

15 de outubro de 2018

Estão abertas as inscrições para o I Seminário de Extensionismo Técnico Mineral. O evento, promovido pela Agência Nacional de Mineração (ANM),…

LEIA MAIS

Projeto de terras-raras vai produzir 5 mil toneladas por ano em Goiás

13 de novembro de 2017

A Mineração Serra Verde (MSV) trabalha para produzir anualmente 5 mil toneladas de concentrado de terras-raras no projeto que possui…

LEIA MAIS