NOTÍCIAS

Vale é mineradora que mais produziu patentes nos últimos sete anos no Brasil

2 de abril de 2018

Você sabia que a Vale é a mineradora que mais produziu patentes nos últimos sete anos no Brasil? Além disso, nossa empresa é a quarta do ranking nacional de companhias de todos os setores da economia. Esse e outros dados da área de Propriedade Intelectual da Vale foram apresentados na terça-feira (27/3), durante o BRICS Intelectual Property Forum (BIPF), que reuniu países emergentes (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) para discutir o assunto na China.

O convite partiu do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) devido ao potencial comercial da Vale com a China e seus avanços na área de Propriedade Intelectual. Em 2018, nossa empresa celebra 45 anos de parceria com o país asiático.

O evento aconteceu na cidade de Chengdu, capital provincial de Sichuan, localizada no sudoeste da China, e contou com a participação de cerca de 50 pessoas dos países do BRICS. Na ocasião, a especialista técnica em Propriedade Intelectual Cláudia Silva Oliveira abordou o tema Inovação e Propriedade Intelectual na Vale: “A propriedade intelectual traz inúmeros benefícios para a nossa empresa, como a visibilidade no cenário de inovação, vantagens competitivas em relação aos concorrentes e liberdade de operação”.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Anglo American divulga resultados de produção do terceiro trimestre

24 de outubro de 2017

A Anglo American reportou um aumento de 6% na produção total em base equivalente de cobre, em comparação com o mesmo período em 2016.

LEIA MAIS

CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até 13 de abril

5 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS