NOTÍCIAS

Vale fecha acordo para vender ouro à empresa canadense

7 de fevereiro de 2013

rnA Vale informou nesta terça-feira (5/2) que assinou acordo com a canadense Silver Wheaton Corp. (SLW), para vender 25% dos fluxos de ouro pagável produzidos como subproduto da mina de cobre do Salobo durante a vida da mina, e 70% dos

rn

A Vale informou nesta terça-feira (5/2) que assinou acordo com a canadense Silver Wheaton Corp. (SLW), para vender 25% dos fluxos de ouro pagável produzidos como subproduto da mina de cobre do Salobo durante a vida da mina, e 70% dos fluxos de ouro pagável produzido como subproduto das minas de níquel de Sudbury – Coleman, Copper Cliff, Creighton, Garson, Stobie, Totten e Victor – por 20 anos.

rn

A Vale receberá um pagamento inicial em dinheiro, no valor de US$ 1,9 bilhão, mais 10 milhões de warrants da SLW com preço de exercício de US$ 65 e prazo de 10 anos, com valor estimado em US$ 100 milhões.

rn

Além disso, a quantia de US$ 1,33 bilhão será paga por 25% do ouro pagável produzido como subproduto do Salobo, enquanto US$ 570 milhões, mais os 10 milhões de warrants, serão recebidos em troca de 70% do ouro pagável das minas de Sudbury.

rn

A Vale receberá ainda pagamentos em dinheiro por cada onça (oz) de ouro entregue a SLW.

rn

Tais pagamentos serão iguais ao menor valor entre US$ 400 por onça (mais um ajuste anual para a inflação de 1% a partir de 2016 no caso do Salobo) e o preço de mercado.

rn

A Vale poderá também receber outro pagamento em dinheiro, a depender de sua decisão de expandir a capacidade de processamento de minério de cobre do Salobo para mais de 28 Mtpa (milhões de toneladas por ano)  antes de 2031.

rn

Esse valor pode variar de US$ 67 milhões a US$ 400 milhões, dependendo do momento e do tamanho da expansão.

rn

A mineradora brasileira não tem comprometimento firme em relação às quantidades de ouro entregues – a SLW tem direito a um percentual do ouro produzido, e não a volumes específicos, assumindo o risco operacional.

rn

A Vale está sujeita ao risco da variação do preço do ouro nas entregas à canadense apenas no caso do preço do metal cair abaixo de US$ 400/oz.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Notícias RS

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



CBMINA: submissão de trabalhos pode ser feita até esta sexta-feira

10 de abril de 2018

Para reforçar a importância de mão de obra qualificada e garantir o crescimento responsável da atividade minerária no País, o…

LEIA MAIS

As conexões entre os fatos de hoje e as tecnologias de amanhã

14 de janeiro de 2019

Revista Época Negócios destacou a “A extração da Inovação”. A iniciativa surgiu de uma parceria entre as principais mineradoras brasileiras…

LEIA MAIS

Brasil terá 1º hub de inovação para a indústria mineral

19 de novembro de 2018

Inédita no setor em nível global, iniciativa de mineradoras brasileiras em parceria com a WeWork pretende impactar positivamente a competitividade…

LEIA MAIS