NOTÍCIAS

Vale lança segundo episódio da série sobre a descoberta de Carajás

7 de agosto de 2017

Documentário revive o período entre o início da pesquisa geológica na região e a inauguração da Estrada de Ferro Carajás

“Isto aqui é muito grande e minha companhia não vai ter condições políticas para ficar com tudo.” A frase, dita pelo geólogo Gene Tolbert, chefe do programa da US Steel que descobriu Carajás, no Pará, marca o início de uma nova fase, com a entrada da Vale na missão. O segundo episódio da série sobre os 50 anos da descoberta de Carajás narra os fatos a partir do início da pesquisa geológica na região até a inauguração da Estrada de Ferro Carajás (EFC).
 
Pouco depois da descoberta da primeira clareira em Carajás, a siderúrgica norte-americana cedeu 51% dos direitos minerários da região para uma empresa brasileira: a então Companhia Vale do Rio Doce. Conheça a história de brasileiros como Eliezer Batista, José Eduardo Machado e Vanderlei de Rui Beisegel, que trabalharam duro na pesquisa geológica e no ousado plano – que incluiu a construção de uma ferrovia e de um porto – para levar ao mercado internacional o minério de mais alto teor de ferro do mundo.
 
O segundo episódio da série sobre os 50 anos de Carajás conta sobre a pesquisa geológica e a solução encontrada para escoar o minério da nova mina
Sobre a série “Carajás 50 anos”
 
Para comemorar os 50 anos da descoberta de Carajás, a Vale foi atrás dos personagens que participaram ativamente desse marco histórico da mineração: geólogos, engenheiros, pesquisadores e moradores da região. Eles contaram como foi a saga em busca do minério de Carajás, os desafios enfrentados na época e os avanços no setor e o desenvolvimento da região em meio século. O resultado pode ser conferido em uma série especial de três episódios que relembram os 50 anos de Carajás: “A descoberta”, “A pesquisa” e “O Legado”. Os dois primeiros vídeos já estão disponíveis na página do V.Doc no vale.com e no youtube.com/vale.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Projeto de terras-raras vai produzir 5 mil toneladas por ano em Goiás

13 de novembro de 2017

A Mineração Serra Verde (MSV) trabalha para produzir anualmente 5 mil toneladas de concentrado de terras-raras no projeto que possui…

LEIA MAIS

Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS

Entidades buscam resolução para demanda represada no embarque de rochas ornamentais

5 de novembro de 2018

Com apoio do Governo do Espírito Santo, Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcário do Estado do Espírito…

LEIA MAIS