NOTÍCIAS

Vale Moçambique prevê extrair e exportar 4,5 milhões de toneladas de carvão em 2013

9 de janeiro de 2013

rnA empresa mineira Vale Moçambique prevê extrair em Moatize, Moçambique, e exportar cerca de 4,5 milhões de toneladas de carvão em 2013, disse a assessora de imprensa Esperança Macovela.rnCitada pel

rn

A empresa mineira Vale Moçambique prevê extrair em Moatize, Moçambique, e exportar cerca de 4,5 milhões de toneladas de carvão em 2013, disse a assessora de imprensa Esperança Macovela.

rn

Citada pelo matutino Notícias, de Maputo, a assessora adiantou que em 2012 a empresa extraiu e comercializou nos diversos mercados cerca de 2 milhões de toneladas de carvão que foi transportado em 1000 comboios até ao porto da Beira via linha de caminho-de-ferro do Sena.

rn

Actualmente, a Vale efectua seis comboios diários com 42 vagões cada transportando uma média de 15 876 toneladas de carvão mineral de Moatize, em Tete, até o porto da Beira, em Sofala.

rn

Esperança Macovela salientou que a partir de finais de 2014 o carvão extraído pela Vale Moçambique em Moatize será exportado através do porto de Nacala por uma linha de caminho-de-ferro a ser construída.

rn

Por seu turno, Vanderlei Marques, director de Operações Logísticas da Vale, referiu que a chegada do milésimo comboio ao porto da Beira representou um marco histórico para o negócio do grupo Vale em Moçambique e superou largamente os valores alcançados em 2011, que foi de 120 comboios carregados de carvão.

rn

 

Fonte: Agência Brasileira de Notícias

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Belo Horizonte receberá seminário sobre Barragens de Rejeitos

22 de outubro de 2018

As barragens de rejeito estarão em foco na segunda edição do Seminário UK-Brazil Mining Forum. O evento será realizado em Belo…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS