NOTÍCIAS

Vale tem aumento de 15% na produção

19 de julho de 2012

rnProdução de 80,5 milhões de toneladas é recorde para um segundo trimestre, recuperando as perdas registradas no primeiro trimestrernA mineradora Vale bateu recorde de produção no segundo trimestre

rn

Produção de 80,5 milhões de toneladas é recorde para um segundo trimestre, recuperando as perdas registradas no primeiro trimestre

rn

A mineradora Vale bateu recorde de produção no segundo trimestre, ao atingir 80,542 milhões de toneladas. Com o resultado, o melhor já registrado para o período entre março e junho, a companhia conseguiu recuperar perdas de produção registradas no início do ano por conta das fortes chuvas que castigaram o país. Frente ao primeiro trimestre, a produção cresceu 15,1%. Se comparada ao mesmo período de 2011, a expansão é mais modesta, de 0,4%.

rn

O bom desempenho deve se refletir no balanço financeiro que a Vale divulga na próxima semana. A expectativa dos analistas é de um lucro superior ao contabilizado no primeiro trimestre, quando a empresa foi prejudicada por fatores climáticos e pela queda no preço do minério de ferro, carro-chefe das vendas.

rn

No início do ano, o insumo chegou a ser negociado abaixo de US$ 100 por tonelada. Mas a cotação ganhou mais fôlego entre maio e junho. Em relatório, o Citibank informou que trabalha com um preço médio para o minério de US$ 112 por tonelada entre abril e junho, acima dos US$ 109 do primeiro trimestre.

rn

Recentemente, o diretor executivo de Ferrosos e de Estratégia da Vale, José Carlos Martins, afirmou que a tendência é que o preço do minério de ferro oscile entre US$ 120 e US$ 150 nos próximos dois a três anos.

rn

O destaque do relatório de produção da Vale foi Carajás, no Pará, região onde a companhia extrai seu minério de melhor qualidade. A produção de Carajás alcançou a marca histórica de 27,4 milhões de toneladas, um crescimento de 26% sobre janeiro a março deste ano e de 5,2% frente ao segundo trimestre de 2011.

rn

A Vale tem planos ambiciosos de crescimento para Carajás. Em junho, a companhia recebeu a licença prévia para um novo investimento no Pará. O projeto, conhecido como Serra Sul, está orçado em cerca de US$ 20 bilhões, o maior investimento já feito por uma companhia privada no Brasil. Com capacidade para 90 milhões de toneladas de minério de ferro, Serra Sul é o caminho natural de expansão da companhia. O cronograma prevê a entrada em operação do projeto no segundo semestre de 2016.

rn

O relatório divulgado ontem mostra ainda que a produção de pelotas atingiu 14,256 milhões de toneladas, um aumento de 12,3% sobre o trimestre anterior. Já a produção de carvão cresceu 5% no mesmo período, totalizando 2,467 milhões de toneladas.

rn

A Vale também passou a Petrobrás e retomou o posto de maior exportadora brasileira no primeiro semestre do ano, segundo dados Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Entre janeiro e junho, a receita de exportações da Vale somou US$ 11,9 bilhões, enquanto a Petrobrás conseguiu US$ 11,4 bilhões com exportações.

rn

 

Fonte: O Estado de S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Anote na agenda: inauguração do Hub da Mineração será em 17 de janeiro

14 de janeiro de 2019

O Mining Hub ou Hub da Mineração, um dos mais inovadores projetos do setor mineral internacional, já tem data marcada…

LEIA MAIS

Desafio MinerALL traz propostas de negócios a partir do aproveitamento do rejeito da mineração

17 de dezembro de 2018

Uma solução de negócio que propõe a pavimentação de baixo custo foi a vencedora do Desafio MinerALL, iniciativa que tem…

LEIA MAIS

MCTIC lança consulta pública sobre Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos

1 de outubro de 2018

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou na última quinta-feira (27) consulta pública sobre o Plano de…

LEIA MAIS