NOTÍCIAS

Vale utiliza realidade virtual em projetos e operações de mineração

23 de setembro de 2015

A Vale vem utilizando realidade virtual (RV) no desenvolvimento de projetos e operações de mineração. Uma sala dedicada à tecnologia opera na Mina de Águas Claras, em Nova Lima, onde é possível

A Vale vem utilizando realidade virtual (RV) no desenvolvimento de projetos e operações de mineração. Uma sala dedicada à tecnologia opera na Mina de Águas Claras, em Nova Lima, onde é possível simular cenários variados de frentes de lavras, obras de infraestrutura e mesmo projetos de instalação de equipamentos e maquinários. Com investimentos da ordem de R$ 4 milhões, o equipamento é o primeiro do Brasil a ser usado na área da mineração. 

rn

A sala possibilita uma “imersão” em um cenário em três dimensões. Dessa forma, é possível melhorar a visualização das informações contidas nos diversos bancos de dados da Vale. Pode-se, por exemplo, colocar em uma mesma projeção dados geológicos, ambientais, de engenharia e de infraestrutura de uma mesma área. Na prática, esse cruzamento de informações possibilitará uma melhoria no processo de planejamento e decisão da empresa. 

rn

Outra utilização potencial é criar cenários com cada uma das unidades de produção da Vale. O equipamento possibilita uma visão espacial mais completa de onde estão os pontos de preservação, onde serão abertas as futuras frentes de lavra e mesmo a composição física e química das rochas em cada área do complexo. 

rn

A tecnologia utilizada na geração de imagens de Realidade Virtual é capaz ainda gerar imagens mais realistas, que podem ajudar na compreensão de quem não necessariamente domina a linguagem técnica normalmente usada em projetos de engenharia e presente em plantas e gráficos. 

rn

Mais segurança 

rn

A Realidade Virtual, tecnologia que vem sendo desenvolvida desde a década de 1950, também está sendo utilizada para aumentar a segurança das atividades de extração mineral. Como é possível simular, por exemplo, o comportamento de estruturas em cenários adversos, é possível testar os projetos ainda na fase de planejamento, diminuindo as possibilidades de risco e erro no momento de implantação e operação.

rn

 

rn

 

 

Fonte: Vale

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Exportação de pelotas aumenta 14,2% de janeiro a setembro

23 de novembro de 2017

Foram exportadas 22,5 milhões de toneladas de pelotas nos nove meses deste ano A exportação de pelotas, feita pela Vale,…

LEIA MAIS

Participe do I Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia

19 de setembro de 2018

Estão abertas as inscrições para o “I Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia”. O evento será realizado entre…

LEIA MAIS

Juristas e empresários vão debater nova legislação do setor mineral

28 de outubro de 2019

A legislação da indústria da mineração, tanto a brasileira quanto a de outros países mineradores, será amplamente debatida durante a…

LEIA MAIS