NOTÍCIAS

vBrazil Resources compra projeto de ouro e cobre no Alaska

22 de julho de 2015

A Kiska Metals disse na última terça-feira (21) que assinou um acordo de compra de ativos, não vinculativo, com a Brazil Resources para a venda do projeto de cobre e ouro Whistler no Alaska. A Brazil controla, no Pará, os

A Kiska Metals disse na última terça-feira (21) que assinou um acordo de compra de ativos, não vinculativo, com a Brazil Resources para a venda do projeto de cobre e ouro Whistler no Alaska. A Brazil controla, no Pará, os projetos de ouro Cachoeira e São Jorge.

rn

Segundo o acordo (APA, do inglês Assets Purchase Agreement), a aquisição inclui os direitos minerários e outros ativos do projeto, em troca da emissão de 3,5 milhões de ações ordinárias da Brazil Resources, que valem hoje cerca de US$ 1,6 milhão. As ações estão sujeitas a restrições de revenda e poderão ser liberadas em quatro parcelas de 25% a cada 5 meses, estando livre de restrições depois de 20 meses.

rn

A Kiska ficará encarregada de atividades administrativas relacionadas ao projeto Whistler durante 15 meses depois de concluída a venda dos ativos e, para isso, vai receber uma remuneração de US$ 10 mil por mês.

rn

O projeto Whistler é composto por 304 direitos minerários em uma área de 170 quilômetros quadrados em uma área conhecida pela ocorrência de ouro e cobre, na forma de depósitos porfiríticos, no centro do Alasca. Apesar de ser um projeto em estágio avançado de exploração, a Kiska pesquisou pouco desde 2011, devido às condições do mercado, diz comunicado da empresa emitido hoje.

rn

De acordo com o relatório NI 43-101, que contém as estimativas de recursos, a área contém 2,25 milhões de onças de ouro equivalentes e recursos inferidos da ordem de 3,35 milhões de onças de ouro equivalentes. Na área, foram feitos 70 mil metros de sondagem sendo que 19.870 metros, em 48 furos, foram feitos no depósito Whistler. A Brazil Resources pretende atualizar o NI 43-101.

rn

Além de projetos no Pará, a Brazil Resources tem direitos minerários no Paraguay e o projeto de urânio Rea na província de Alberta, no Canadá.

rn

Clique aqui e acesse a matéria.

rn

 

rn

 

 

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Centro de Operações Integradas completa um ano de funcionamento

24 de setembro de 2018

A integração da cadeia de valor de Ferrosos, por meio do Centro de Operações Integradas (COI), é uma realidade na…

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS

IBRAM realiza pesquisa sobre o que o público gostaria de ver na próxima edição da EXPOSIBRAM

29 de outubro de 2018

O que você gostaria de sugerir para a próxima edição da  Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM)? Considerada a principal vitrine…

LEIA MAIS