NOTÍCIAS

Veículo de mineração é finalista do Swedish Steel Prize 2017

4 de maio de 2017

Série Maverick, de veículos comerciais ligeiros (LDV), da sul-africana Fermel tem “ciclo de vida nunca antes visto” no mercado de mineração

A Fermel, empresa da África do Sul que atua no desenvolvimento de veículos para o mercado industrial, é finalista do Swedish Steel Prize 2017 pela criação da série Maverick de veículos comerciais ligeiros (LDV) para mineração. O prêmio sueco, que será entregue em Estocolmo no dia 11 de maio, reconhece as empresas que honram a engenharia e inovação na indústria do aço.
 
"Nós identificamos esta oportunidade com base no fato de que a nova legislação de mineração e os requisitos de segurança mais rigorosos deveriam ocorrer em um futuro não muito distante e sabíamos que as unidades comerciais logo estariam sob pressão", diz Corné Wehr, gerente de Design de Produtos da Fermel.
 
A série Maverick é projetada especificamente para o ambiente de mineração subterrânea. De acordo com a empresa, o veículo pode ser usado para várias aplicações. A Fermel utiliza cerca de 90% de aço de alta resistência na série de veículos Maverick. Segundo a companhia, a combinação de aço de alta resistência e aço resistente ao desgaste proporciona uma maior segurança e resistência ao desgaste, bem como suporte de cargas até 2,5 toneladas sem comprometer a vida útil do veículo.
 
"Essencialmente, os resultados desejados para este produto não seriam facilmente alcançados se não tivéssemos avançados materiais de aço de alta resistência como uma opção, uma vez que métodos convencionais iriam comprometer as características do veículo ao ponto que nossa oferta de produto teria sido muito limitada e, possivelmente, muito difícil de vender", afirma Maxine Penn, diretor de Vendas e Marketing da Fermel.
 
De acordo com o júri técnico do Swedish Steel Prize 2017, a Fermel desenvolveu veículos polivalentes para transporte o seguro em minas, que cumprem com a nova legislação de segurança, mais rigorosa, e destinam-se a substituir os veículos padrão reconstruídos atualmente utilizados. "A otimização do projeto de todo o veículo, incluindo a carroçaria, proporcionou um desempenho superior em relação à segurança pessoal, maior carga útil, agilidade, resistência a danos, confiabilidade e vida útil. Todos estes benefícios são alcançados pelo uso extensivo de aço de alta resistência estrutural e resistente ao desgaste", afirma trecho da nota do júri.
 
Criado há quase 20 anos, o Swedish Steel Prize reconhece pequenas e grandes companhias bem como instituições e pessoas que desenvolveram um método de produção que utiliza todo o potencial do aço de alta resistência. O vencedor receberá uma estatueta do escultor Jörg Jeschke e um prêmio em dinheiro de 100.000 coroas suecas. 
 
Notícias de Mineração Brasil
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS

Sindirochas e Abirochas juntos no MME para discutir a CFEM

3 de dezembro de 2018

Os presidentes do Sindirochas, Tales Machado, e Abirochas, Reinaldo Sampaio, se reuniram com a Secretária de Geologia e Mineração e…

LEIA MAIS

Anote na agenda: inauguração do Hub da Mineração será em 17 de janeiro

14 de janeiro de 2019

O Mining Hub ou Hub da Mineração, um dos mais inovadores projetos do setor mineral internacional, já tem data marcada…

LEIA MAIS