NOTÍCIAS

Votorantim Cimentos orienta sobre uso de argamassa colante

14 de julho de 2017

Ambiente, variações de temperatura, superfície e tipo de revestimento são determinantes para a melhor escolha conforme sua necessidade

Ideal para o assentamento de pisos e azulejos em cerâmica, porcelanato e pedras, a argamassa colante industrializada leva vantagem em relação aos demais tipos de argamassa, por sua  melhor adesão em peças assentadas em paredes ou pisos.
 
Composta por cimento, agregados e aditivos químicos que garantem alta aderência e viscosidade,  a argamassa colante – ao ser misturada com água – resulta em uma massa adesiva, de boa elasticidade e trabalhabilidade.
 
Com o passar do tempo, a estrutura de uma edificação sofre mudanças, principalmente por sua movimentação e outras ações externas. O uso da argamassa colante permite o melhor controle da retenção de água no sistema, dispensando a necessidade de molhar placas ou contrapisos antes de assentá-los, exceto em casos como aplicação em superfícies com temperaturas acima de 35°C.
 
Veja as dicas da Votorantim Cimentos para ajudar na hora de escolher o tipo de argamassa colante que atende a sua necessidade. Confira a seguir:
 
Tipos de argamassa colante
 
Na hora de especificar o tipo de argamassa colante, é necessário considerar o ambiente de aplicação (interno ou externo), bem como a superfície (parede ou piso) e o tipo de revestimento; a dimensão das peças é outro fator de extrema importância na hora de escolher o tipo de argamassa.
 
O produto é estabelecido em três tipos principais: ACI, ACII e ACIII.
 
O primeiro (ACI) é indicado para assentar peças cerâmicas  em áreas internas e molháveis (cozinha, área de serviço e banheiro), já que resiste à umidade.
O segundo (ACII) é indicado para área interna e externa, sendo mais resistente à exposição climática, permitindo aplicar outros tipos de revestimento em paredes, fachadas (com limitação de dimensão da peça cerâmica), piscinas de água fria, lajes, pisos de áreas públicas ou ao ar livre.
 
O terceiro (ACIII), disponível nas cores branca e cinza, é o que apresenta maior flexibilidade e alta aderência, ideal para colar porcelanatos, cerâmicas e pedras em piscinas de água quente, saunas,  além mármores e granitos.
 
O que diferencia uma argamassa da outra é a composição da sua formulação, que determina as propriedades finais para utilização na qual é indicada. Por exemplo, não pode-se usar ACI em fachadas, já que ela não apresenta propriedades para trabalhar em ambientes de condições mais severas, como por exemplo, variações térmicas. Com o tempo, pode ocorrer o desplacamento das peças.
 
Há, também, a argamassa colante fornecida com a denominação E (ACI E, ACII E e ACIII E), que  significa tempo em aberto estendido (E), e na prática promove ao aplicador maior tempo para assentamento apropriado para situações mais rigorosas, com diversidades climáticas.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Produção de minério de ferro da BHP cai 4% no trimestre

20 de outubro de 2017

Os números levam em consideração o minério de ferro produzido pela BHP e em parcerias em joint ventures

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Anglo American divulga resultados de produção do terceiro trimestre

24 de outubro de 2017

A Anglo American reportou um aumento de 6% na produção total em base equivalente de cobre, em comparação com o mesmo período em 2016.

LEIA MAIS