NOTÍCIAS

Votorantim Metais realiza fóruns técnicos do Projeto Aripuanã

10 de agosto de 2015

O Projeto Aripuanã, da Votorantim Metais, foi apresentado esta semana em fóruns técnicos no município, voltados ao Poder Executivo, Poder Legislativo, sindicatos e instituições, professores e estudantes de en

O Projeto Aripuanã, da Votorantim Metais, foi apresentado esta semana em fóruns técnicos no município, voltados ao Poder Executivo, Poder Legislativo, sindicatos e instituições, professores e estudantes de ensino médio, e moradores da Vila da Conselvan. Nas reuniões, a empresa divulgou os números de investimento previsto, mão de obra e produção, assim como os programas sociais estruturantes para Aripuanã. No município, por exemplo, a empresa já iniciou a Parceria Votorantim pela Educação (PVE), o Programa Votorantim pela Infância e Adolescência (VIA) e o Programa de Apoio à Gestão Pública.

rn

Os fóruns técnicos integram a atual fase de licenciamento ambiental do Projeto Aripuanã e reforçam a prática de diálogo aberto da Votorantim Metais.

rn

Audiência Pública – A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) convocou audiência pública para o dia 26 de agosto, às 17h, no ginásio municipal Kayo da Silva Porto Gomes. A expectativa é que cerca de 1.000 pessoas participem desta consulta à população local.

rn

O empreendimento é um projeto polimetálico de lavra em mina subterrânea e beneficiamento de zinco, chumbo e cobre, na Serra do Expedito, situada a 25 km a noroeste da cidade. A estimativa de vida útil mínima é de 15 anos e capacidade de produção anual de 1,8 milhão de toneladas de minérios, sendo 65 mil toneladas de concentrado de zinco, 25 mil toneladas de concentrado de chumbo e 4 mil toneladas de concentrado de cobre. “Será o maior projeto de mineração do Estado do Mato Grosso; o maior produtor de chumbo e o segundo maior de zinco do Brasil. Além disso, será o maior produtor polimetálico do país”, afirmou Gilmar Caixeta, diretor de Operações de Zinco da Votorantim Metais.

rn

Esta produção será escoada por meio de transporte rodoviário até metalurgias (fundições para produção de metal) no Brasil e no exterior para posterior refino.

rn

O Projeto Aripuanã está previsto para entrar em operação em 2018 e o investimento estimado em R$ 675 milhões. Na fase de construção, serão gerados, em média, 1.000 empregos e na fase de operação 600 postos de trabalho.

rn

Números do Projeto Aripuanã:

rn

Localização: Aripuanã – 25 km da sede do município

rn

Produção anual: 1,8 milhões de toneladas de minério, sendo 65 mil de zinco contido; 25 mil de chumbo contido e 4 mil de cobre contido

rn

Investimento previsto: R$ 675 milhões

rn

Vida útil da mina: mínima de 15 anos

rn

Empregos: 1.000 na construção e 600 durante a operação

rn

Data da audiência pública: 26 de agosto de 2015

rn

 

rn

 

 

Fonte: Top News

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS

NLMK participa da M&T Expo 2018

29 de outubro de 2018

A siderúrgica NLMK vai participar da edição de 2018 da MT&Expo, Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção, que…

LEIA MAIS

Série de vídeos mostra a verdadeira mineração do Brasil

10 de abril de 2018

A extração dos recursos naturais é uma atividade que sempre foi exercida pelo homem. É na natureza que ele busca…

LEIA MAIS