NOTÍCIAS

Anglo American divulga informações sobre o ocorrido com o seu mineroduto

16 de março de 2018

A Anglo American informa que identificou um problema no mineroduto que transporta sua produção de minério de ferro de Minas Gerais ao Rio de Janeiro em um ponto na área rural de Santo Antônio do Grama (MG), às 7h42 desta segunda-feira, 12 de março. Houve vazamento de polpa de minério de ferro em um dos córregos da região. A polpa consiste em 70% de minério de ferro e 30% de água, sendo classificada pela NBR 10.004, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), como material não perigoso, portanto, não oferece riscos à saúde. O volume total vazado foi de aproximadamente 300 toneladas. Não houve vítimas.

A produção de minério de ferro do Minas-Rio foi paralisada até que as causas do ocorrido sejam esclarecidas. A prioridade é garantir as medidas de controle e mitigação dos impactos socioambientais. Os procedimentos de reparo do duto estão em andamento desde o ocorrido e continuam. As causas do rompimento da tubulação continuam sendo investigadas.

Estão sendo realizados monitoramentos frequentes no córrego Santo Antônio, aonde foram instalados filtros a fim de conter os sedimentos. Os resultados obtidos até o momento mostraram uma melhora significativa da qualidade da água. A pluma (turbidez) chegou à confluência do Rio Casca, porém, já bastante diluída, e não comprometeu a qualidade da água. A Estação de Tratamento de Água de Rio Casca segue operando normalmente. O trabalho de retirada de sedimentos da calha do curso d’água começa nesta quarta (14/03).

Foi iniciada nesta terça-feira (13/03) a construção de uma adutora para captação de água no Ribeirão Salgado, que estará concluída até o fim da semana. A nova adutora alimentará a Estação de Tratamento de Água da Copasa, em Santo Antônio do Grama. Esta adutora será uma alternativa permanente de captação de água. Até que a sua obra seja concluída, a Anglo American iniciou o bombeamento temporário de água do Ribeirão Salgado para a ETA da Copasa no município. Na manhã de quinta-feira (15/03) a cidade de Santo Antônio do Grama já se encontra abastecida pela ETA, refletindo o grande esforço feito pela empresa em parceria com a Copasa. Mesmo com o abastecimento regularizado a empresa mantém os caminhões-pipa de prontidão em caso de necessidade. Os moradores que residem às margens do córrego serão visitados por equipes da Anglo American, a fim de buscar entender de forma aprofundada a atual situação dos mesmos frente ao acontecido.

As equipes da Anglo American continuarão, de forma ininterrupta, prestando todos os atendimentos que se fizerem necessários. Todas as medidas estão sendo tomadas de forma transparente e dentro dos mais elevados padrões de segurança, de forma a minimizar os transtornos às pessoas e ao meio ambiente.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Centro de Operações Integradas completa um ano de funcionamento

24 de setembro de 2018

A integração da cadeia de valor de Ferrosos, por meio do Centro de Operações Integradas (COI), é uma realidade na…

LEIA MAIS

Vale cria Diretoria de Investimento Social

10 de dezembro de 2018

Hugo Barreto, ex-secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, será o responsável pelos projetos sócio-culturais da empresa e pela Fundação Vale A…

LEIA MAIS

Votorantim Cimentos apoia projeto de resgate histórico-cultural em Corumbá (MS)

17 de dezembro de 2018

Projeto “Todo Lugar tem uma História para Contar”, do Museu da Pessoa, reuniu histórias de vida dos moradores que impulsionou…

LEIA MAIS