NOTÍCIAS

Camadas de fosfato são homogêneas no projeto Três Estradas

17 de maio de 2017

A campanha de sondagem em Três Estradas, no Rio Grande do Sul, foi iniciada em 2011 e já soma 27.800 metros, sendo que metade foi perfurada nos últimos seis meses

A Aguia Resources, dona do projeto de fosfato Três Estradas, no Rio Grande do Sul, disse que a sondagem detalhada continua a apresentar bons resultados, o que confirma a característica de homogeneidade e continuidade dos depósitos na região. Um dos furos mostra 45,7 metros com 4,51% de pentóxido de fosfato (P2O5).
 
A sondagem em uma nova área recentemente descoberta a sudeste, com camada mineralizada que se estende por pelo menos 700 metros, tem espessura e teores similares ao do depósito de Três Estradas. Entre os resultados constam: 28,6 metros, com 3,53% P2O5; 54 metros, com 3,7% P2O5; 40,05 metros, com 3,08% P2O5; e 28,55 metros com 3,87% P2O5.
 
De acordo com comunicado divulgado ontem (16), a extensão da camada que se estende para nordeste permanece aberta a 700 metros e a Aguia pretende iniciar uma sondagem de baixa profundidade para verificar o potencial dessa extensão para minério oxidado. A sondagem detalhada em Três Estradas mostra também a homogeneidade de teores em profundidade e lateralmente. Dois furos nessa área mostram 45,7 metros com 4,51% P205 e 79 metros com teor de 3,23% P2O5.
 
"Uma plataforma de sondagem continua a operar na área. Até o momento, foram perfurados 13.710 metros, o que inclui 9.495 metros de sondagem adamantada e 4.215 metros de circulação reversa. A campanha de sondagem, que começou no fim de 2016, e essa metragem de sondagem representa metade dos 27.800 metros perfurados no projeto desde 2011", diz o comunicado emitido na semana passada.
 
A mineradora disse também que a planta piloto para testar amostras de carbonatitos foi concluída na divisão de flotação da Eriez na Pensilvânia. Os resultados dos ensaios ainda não estão prontos e vão ser divulgados assim que estiverem disponíveis, diz a nota da Aguia.
 
A Aguia contratou recentemente a firma de comunicação Nano, que tem sede em Porto Alegre, para desenvolter a estratégia de comunicação com as comunidades de Três Estradas e Lavras do Sul bem órgãos governamentais e autoridades em Porto Alegre.
 
Notícias de Mineração Brasil
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Mining Hub recebe visita de produtores da indústria do açúcar

18 de fevereiro de 2020

O setor mineral brasileiro e suas inovações foram amplamente debatidos durante a manhã desta sexta-feira (14/2) no Mining Hub, único hub…

LEIA MAIS

CPRM ministra curso de capacitação em risco geológico e leitura de cartas de suscetibilidade para a Defesa Civil de Santa Catarina

17 de dezembro de 2018

Com o objetivo de explicar a percepção da suscetibilidade e risco, além de apresentar os produtos do Serviço Geológico do Brasil…

LEIA MAIS

Samarco: os três anos do rompimento de Fundão

5 de novembro de 2018

O rompimento da barragem de Fundão completa 3 anos. Uma realidade que faz parte da jornada da Samarco. O dia…

LEIA MAIS