NOTÍCIAS

Exportação brasileira de minério de ferro deve subir 10,4% em 2 anos

16 de janeiro de 2018

As exportações de minério de ferro devem crescer fortemente em 2018, diz o Departamento de Indústria e Inovação da Austrália em seu último relatório trimestral, divulgado no fim de dezembro.

“O forte crescimento das exportações brasileiras de minério de ferro será impulsionado pelo ramp-up do projeto S11D de 90 milhões de toneladas da Vale. O relatório trimestral de setembro da Vale, mostra que a orientação de produção é de 360-380 milhões de toneladas em 2017, e manteve-se inalterada em relação ao trimestre anterior, e o objetivo de longo prazo de 400 milhões de toneladas por ano foi reafirmado”, diz o documento.

O relatório “Resources and Energy Quarterly” também cita a expansão do projeto Minas-Rio da Anglo American, que visa aumentar a produção anual de 17 milhões de toneladas para 26,5 milhões de toneladas até 2019. No entanto, atrasos contínuos na obtenção das licenças ambientais colocam o projeto em risco.

“Espera-se que a maioria da produção da Austrália e do Brasil permaneça rentável ao preço previsto de US$ 49 a tonelada [FOB Austrália, à vista] em 2019. A participação de ambos os países no comércio marítimo global deverá aumentar, com a Austrália vendo sua participação no mercado aumentar de 53%, em 2016, para 54% em 2019; e o Brasil passar de 24%, em 2016, para 26% em 2019”, afirma o relatório.

Segundo o documento, a Austrália vai exportar, em 2018, 880 milhões de toneladas de minério de ferro, e, no ano seguinte, 894 milhões de toneladas. Nesses mesmos anos, a previsão é que o Brasil exporte 400 milhões de toneladas e 424 milhões de toneladas respectivamente. Logo, as exportações brasileiras devem crescer 6% de 2018 para 2019, segundo estimativa do órgão australiano.

Notícias de Mineração Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Brasil inaugura 1º hub de inovação para a indústria mineral

21 de janeiro de 2019

Inovação na prática, ao vivo, voltada exclusivamente para a indústria da mineração. É o que os participantes do Hub da…

LEIA MAIS

LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS

Serra Verde é a primeira mineradora brasileira a obter o selo Safeguard Covid-19

27 de outubro de 2020

A Serra Verde Pesquisa e Mineração (SVPM), empresa que desenvolve um projeto de concentrado de terras raras em Minaçu, Goiás,…

LEIA MAIS