NOTÍCIAS

Ferrovias da Vale podem ser úteis à Petrobras

26 de abril de 2012

rnAs ferrovias da Vale poderão ser úteis para que a Petrobras amplie seu acesso ao interior do Brasil, afirmou nesta quinta-feira o presidente da  mineradora, Murilo Ferreira, durante teleconferência com jornalistas

rn

As ferrovias da Vale poderão ser úteis para que a Petrobras amplie seu acesso ao interior do Brasil, afirmou nesta quinta-feira o presidente da  mineradora, Murilo Ferreira, durante teleconferência com jornalistas. 

rn

 A declaração foi feita em resposta à indagação sobre memorando de entendimentos assinado recentemente entre as duas maiores companhias do país – no protocolo, não havia detalhes dos acordos. 

rn

 Ferreira lembrou que a Vale está duplicando a Estrada de Ferro Carajás. A ferrovia Norte-Sul também poderia ser aproveitada, segundo sinalizou o executivo. 

rn

 O acordo entre Vale e Petrobras deve contemplar ainda o uso de portos da maior produtora de minério de ferro do mundo, em troca de prioridade no abastecimento de gás produzido pela petroleira, disse uma fonte à Reuters.

rn

rn

Outro projeto que pode atender aos interesses das  duas companhias é o de produção de terras-raras. A Vale poderá ter como garantia de investimentos na exploração dos compostos minerais um contrato de longo prazo com a estatal, que atualmente importa 100 por cento das suas necessidades da China para o refino de gasolina. 

rn

 Ferreira afirmou que a Vale continua realizando a  exploração das reservas de terras-raras, herdadas com a compra da Bunge. 

rn

ÁSIA 

rn

 A mineradora Vale informou ainda que cobrirá suas necessidades de transporte a partir de navios gigantes com centros de distribuição na Ásia, disse na mesma ocasião o diretor de Metais Ferrosos da companhia, José Carlos Martins. 

rn

 Os centros de distruição são uma alternativa encontrada pela Vale para driblar a dificuldade de atracar os meganavios nos portos da China. 

rn

 A partir dos centros de distribuição, o minério de ferro é transportado para embarcações menores que podem atracar nos portos chineses sem problemas. 

rn

rn

 

Fonte: O Globo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM renova liderança e defende protagonismo do setor

21 de janeiro de 2019

Com grande experiência nos setores público e privado, Jerson Kelman assume a presidência do IBRAM; presidente do Conselho, Luiz Eduardo…

LEIA MAIS

Venda interna de aço cresce 2,3% em 2017

23 de janeiro de 2018

As vendas internas cresceram 2,3% em 2017 e atingiram 16,9 milhões de toneladas, de acordo com dados do Instituto Aço…

LEIA MAIS

Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS