NOTÍCIAS

Bahia e China avançam nas negociações do setor

16 de abril de 2012

rnUma delegação formada por 23 empresários e oito representantes do governo chinês, liderada pelo vice-governador da Província de Shandong, Cai Limin, está na capital baiana para conhecer oportunidades de inve

rn

Uma delegação formada por 23 empresários e oito representantes do governo chinês, liderada pelo vice-governador da Província de Shandong, Cai Limin, está na capital baiana para conhecer oportunidades de investimento em setores promissores como o de agroindustrialização, mineração, infraestrutura, construção civil, tecnologia da informação, comércio, fármacos, energia e setor automobilístico. A vinda do grupo chinês à Bahia marca as comemorações dos 13 anos de irmandade entre o estado e a província, e reflete as missões que o governador Jaques Wagner, acompanhado dos secretários da Agricultura, Eduardo Salles, de Relações Internacionais, Fernando Schmidt, Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, e comitiva realizam todos os anos à República Popular da China.

rn

Os louros dessa duradoura relação comercial foram colhidos nesta sexta-feira (13), na Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), em Salvador, durante rodadas de negócios entre empresários chineses e baianos. O segundo maior produtor de algodão do Brasil poderá firmar parceria “Joint Venture” com uma grande indústria têxtil da China. 
 
De acordo com o superintendente de Atração de Investimentos da Seagri, Jairo Vaz, a empresa The Administrative Committee of Jining National High & New Industrial Development Zone demonstrou interesse em estabelecer contato com uma grande liderança e produtor de algodão do oeste baiano, Ademar Marçal. 
 
O vice-governador de Shandong afirmou que a palavra de ordem é ampliar as ações para o estreitamento comercial entre os dois estados, abrindo espaço para negócios em diversos setores, especialmente para as culturas do algodão, soja, frutas e frutos do mar. “Possuímos interesses em comum, ambos estamos em franco crescimento, e queremos trabalhar coletivamente, buscando o fortalecimento tanto da China quanto do Brasil. 

rn

 

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Nota Técnica do Ministério do Trabalho esclarece o uso de “Robôs Colaborativos” frente à NR 12

3 de dezembro de 2018

A Nota Técnica nº 31/2018/CGNORDSST/SIT/MTb, expedida pelo Ministério do Trabalho, esclarece o uso de “Robôs Colaborativos” e de robôs tradicionais…

LEIA MAIS

Redes e Imerys capacitam fornecedores em projetos sociais

8 de outubro de 2018

Com o objetivo de fomentar a capacitação de fornecedores locais, as indústrias paraenses têm buscado, cada vez mais, a parceria…

LEIA MAIS

Venda interna de aço cresce 2,3% em 2017

23 de janeiro de 2018

As vendas internas cresceram 2,3% em 2017 e atingiram 16,9 milhões de toneladas, de acordo com dados do Instituto Aço…

LEIA MAIS