NOTÍCIAS

Bancada do Rio mira royalties da mineração para evitar derrota

6 de março de 2013

rnA ideia é alertar integrantes dos principais Estados produtores de minério de que a votação de hoje também pode abrir precedentes para mudanças na divisão dos recursos do setor.rnNo final do ano pass

rn

A ideia é alertar integrantes dos principais Estados produtores de minério de que a votação de hoje também pode abrir precedentes para mudanças na divisão dos recursos do setor.

rn

No final do ano passado, a presidente Dilma vetou o artigo da lei que prevê redistribuição mais igualitária dos royalties do petróleo de áreas em exploração e já licitadas. A queda do veto, segundo cálculos da bancada do Rio, pode causar uma redução de R$ 3,1 bilhões na receita do Estado.

rn

Os royalties são um percentual do lucro obtido pelas empresas e pagos ao Estado como forma de compensação pelo uso de recurso natural.

rn

“Vamos alertar os parlamentares de Minas Gerais e do Pará que aquilo que acontecer hoje com o Rio e Espírito Santo acontecerá amanhã com seus Estados”, disse o deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que participa de reunião de integrantes da bancada do Rio.

rn

“Não vamos aceitar uma regra para o petróleo e outra para o minério de ferro”, acrescentou.

rn

“É um precedente perigoso. É uma briga ruim para todo mundo”, disse o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB).

rn

As bancadas do Minas e do Pará contam com 70 deputados. A expectativa dos parlamentares do Rio é também conseguir na Câmara o apoio das bancadas de SP, ES, AM, BA, RN e SE, o que totalizaria 258 deputados.

rn

Esse número, no entanto, não é garantido, uma vez que os Estados não produtores de petróleo defendem a queda do veto. Para uma vitória, no plenário do Congresso, é preciso inicialmente uma maioria dos votos dos 81 senadores.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Folha de S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS

Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

ArcelorMittal Tubarão lança projeto para dessalinizar água do mar

21 de janeiro de 2019

O projeto demandará investimentos em torno de R$ 50 milhões, gerará cerca de 220 vagas de emprego (no pico da…

LEIA MAIS