NOTÍCIAS

BTG e Agnelli, ex-Vale, investem US$ 520 mi em empresa de mineração

12 de julho de 2012

rnO BTG Pactual anunciou nesta quinta-feira, em fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), associação com a AGN Agroindustrial, Projetos e Participações, empresa controlada por

rn

O BTG Pactual anunciou nesta quinta-feira, em fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), associação com a AGN Agroindustrial, Projetos e Participações, empresa controlada por ex-presidente da Vale Roger Agnelli.

rn

A associação formará a B&A Mineração, que irá explorar oportunidades de investimentos no setor de mineração, com foco no Brasil, América Latina e África.

rn

O investimento previsto será de US$ 520 milhões para custear o plano de negócios, desenvolvimento e expansão orgânica por aquisições da nova empresa.

rn

A conclusão da operação está sujeita à verificação de condições típicas para esse tipo de operação.

rn

rn

VALE

rn

Agnelli ficou no comando da Vale de 2001 até o ano passado. Ele começou a receber críticas por priorizar investimentos fora do Brasil e a produção de minério de ferro. A visão do governo era a de que a empresa deveria priorizar investimentos em siderurgia e a criação de vagas no Brasil.

rn

“A missão do governo é diferente da de uma empresa. Completamente diferente”, disse o executivo em maio de 2011, antes de deixar o cargo.

rn

O anúncio da substituição foi feito no começo de abril do ano passado e colocou fim a um momento de turbulência e atritos com o governo. O mercado já especulava que Agnelli poderia perder o cargo há meses.

rn

No lugar dele assumiu Murilo Ferreira, 57 anos. Com mais de 30 anos de experiência no setor de mineração, ele ingressou na Vale em 1998 como diretor da Vale do Rio Doce Alumínio (Aluvale).

rn

rn

 

Fonte: Folha de S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS

Comitiva Brasileira marcará presença na edição de 2019 do PDAC

19 de setembro de 2018

Considerado um dos mais tradicionais eventos de mineração mundial, o Prospectors and Developers Association of Canada será realizado em Toronto…

LEIA MAIS

5 dicas para manutenção eficaz em mineradoras

3 de dezembro de 2018

Manter o maquinário em bom estado de funcionamento é um dos maiores desafios das mineradoras. Instalados em ambientes extremos e…

LEIA MAIS