NOTÍCIAS

CBMM divulga lucro recorde

28 de fevereiro de 2013

rnCBMM divulga lucro recordernA CBMM – Cia. Brasileira de Metalurgia e Mineração, com sede em Araxá-MG., controlada pela família Moreira Salles e maior produtora mundial de nióbio de ferro, divulgou, no d

rn

CBMM divulga lucro recorde

rn

CBMM – Cia. Brasileira de Metalurgia e Mineração, com sede em Araxá-MG., controlada pela família Moreira Salles e maior produtora mundial de nióbio de ferro, divulgou, no dia 19 de janeiro, nos jornais Diário do Comércio e Diário Oficial Minas Gerais, o seu balanço com demonstração dos resultados relativos ao exercício de 2012. Trata-se da primeira empresa mineira a publicar o seu balanço, tradição esta que ela vem cumprindo ao longo dos últimos anos.

rn

A CBMM registrou receita operacional líquida de R$ 3.863 bilhões – expansão de 16,71% em relação ao ano de 2011. Segunda maior exportadora de Minas Gerais, atrás apenas da Vale S.A., contabilizou no ano passado exportações no montante de US$ 1,9 bilhão – que corresponderam a 96% do seu faturamento.

rn

O lucro líquido – depois de deduzidos todos os impostos e os royalties das jazidas pertencentes à CODEMIG, controlada pelo governo de Minas – que não foram explicitados, somou R$ 1,454 bilhão – o que representa uma expansão de 17,95% em relação ao anterior e a 37,65% de seu faturamento líquido.

rn

Uma Conta de Participação nos Lucros entre a estatal CODEMIG-Cia. de Desenvolvimento de Minas Gerais e a CBMM garante a exploração racional do depósito de nióbio localizado próximo à cidade de Araxá, em Minas Gerais. O contrato concede 25% de participação nos lucros operacionais da CBMM ao Governo do Estado de Minas Gerais diretamente à CODEMIG e estima-se que somente em 2012 este valor tenha atingido o montante de R$ 590 milhões.

rn

Relativamente ao patrimônio líquido da companhia em 31.12.2011, o lucro equivale a impressionantes 95% do mesmo – uma excepcional rentabilidade que vem sendo obtida invariavelmente ao longo dos últimos anos. Dispondo de uma excelente liquidez, a CBMM registrou a existência de caixa e seus equivalentes somando R$ 1,024 bilhão em 31.12.2012. Os valores pagos a título de imposto de renda e contribuição social atingiram R$ 960 milhões naquele exercício.

rn

De acordo com algumas informações divulgadas pela imprensa em 2011, um consórcio de empresas constituído pela companhias CITIC Group, Baosteel Group Corp. e Taiyuan Iron and Steel (Group) Co. adquiriu naquele ano 15% do capital da CBMM por US$ 1,95 bilhão. Antes, outra fatia de 15% da empresa já havia sido adquirida por um grupo de companhias japonesas e coreanas, destacando entre elas a Posco, National Pension Service da Coreia do Sul; Nippon Steel Corp., JFE Holdings Inc., Sojitz Corp. e Japan Oil, Gas and Metals National Corp. Assim, a aquisição de 30% do capital da CBMM por grupos estrangeiros deve ter sido feita a um preço de US$ 4 bilhões o que pressupõe ser o seu valor de mercado da ordem de US$ 13 bilhões.

rn

A CBMM, fundada em 1955, produz nióbio, material-chave usado para fazer aço em peças para automóveis, edifícios e oleodutos, controla 82% do mercado mundial.

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Revista Mercado Comum

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Centro de Tecnologia de Ferrosos da Vale completa 10 anos

15 de outubro de 2018

A Vale possui um dos mais avançados centros de pesquisas na aplicação de minério de ferro e carvão na siderurgia….

LEIA MAIS

As conexões entre os fatos de hoje e as tecnologias de amanhã

14 de janeiro de 2019

Revista Época Negócios destacou a “A extração da Inovação”. A iniciativa surgiu de uma parceria entre as principais mineradoras brasileiras…

LEIA MAIS

Estão abertas inscrições para treinamento sobre Apreciação de Risco em Máquinas da Schmersal

22 de outubro de 2018

Multinacional alemã líder mundial em sistemas de segurança para máquinas industriais, a Schmersal divulga o inicio das inscrições para o…

LEIA MAIS