NOTÍCIAS

China reduz importação das principais commodities em junho

10 de julho de 2012

rnAs importações chinesas da maioria das commodities caíram em junho, após níveis atipicamente elevados em maio, proporcionando uma imagem mais precisa do enfraquecimento da economia e reforçando o argumento

rn

As importações chinesas da maioria das commodities caíram em junho, após níveis atipicamente elevados em maio, proporcionando uma imagem mais precisa do enfraquecimento da economia e reforçando o argumento de que é preciso mais medidas de estímulo, disseram analistas.

rn

 

rn

 

rn

A China é o maior comprador mundial de metais industriais e da maioria dos grãos. E é o segundo maior consumidor de petróleo do mundo, segundo dados comerciais divulgados nesta terça-feira.

rn

 

rn

“Nós só precisamos de paciência para ver a demanda por commodities gradualmente subir em setembro e outubro, e será, evidentemente, em um ritmo mais rápido se o governo adotar medidas para impulsionar mais crescimento econômico”, disse Henry Liu, chefe de pesquisa de commodities do Mirae Asset Securities, em Hong Kong.

rn

 

rn

Números inesperadamente fortes de importações em maio também foram distorcidos, especialmente pela recomposição de estoques de petróleo.

rn

 

rn

Uma menor demanda de combustível e uma redução da recomposição de estoques provocaram uma queda de quase 15 por cento nas importações de petróleo em junho, para 21,72 milhões de toneladas. A média diária de 5,29 milhões de barris foi a menor deste ano, mas ainda 10,3 por cento superior ao mesmo período do ano passado.

rn

 

rn

No caso do cobre, as importações caíram 17,5 por cento ante maio, para 346.233 toneladas.

rn

 

rn

As importações de minério de ferro recuaram 8,7 por cento, mais do que o esperado, para 58,31 milhões de toneladas, o segundo menor nível mensal do ano.

rn

 

rn

As importações em geral cresceram 6,3 por cento em junho em relação ao ano anterior, metade da taxa prevista pelos economistas, na mais recente de uma série de fracos dados econômicos que sinalizam a probabilidade de mais políticas para apoiar a economia em desaceleração. 

rn

 

Fonte: O Estado de S. Paulo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



NLMK participa da M&T Expo 2018

29 de outubro de 2018

A siderúrgica NLMK vai participar da edição de 2018 da MT&Expo, Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção, que…

LEIA MAIS

LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS

Apesar de queda da cotação do ferro, receita do Brasil deve ser estável

27 de novembro de 2018

Cotação internacional do minério de ferro recuou de mais de 8% A cotação da tonelada de minério de ferro caiu…

LEIA MAIS