NOTÍCIAS

Diretor-presidente da CPRM participa de seminário sobre inovação na indústria mineral

27 de junho de 2017

Programas de inovação e tecnologia em andamento pela CPRM também foram apresentados pelo diretor-presidente

O diretor-presidente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) apresentou na quinta-feira (22/6), em Belo Horizonte, os programas de desenvolvimento e de inovação (P&D) e cooperação com o Serviço Geológico Alemão, durante o 2º Seminário Brasil-Alemanha de Mineração e Recursos Minerais. A iniciativa da Câmara de Comércio e Indústria dos dois países discutiu como proporcionar conhecimento e expertise sobre as tendências e tecnologias alemãs para o setor, em especial com as oportunidades da Indústria 4.0.

Ledsham explicou o plano estratégico 2017/ 2021, que atualizou a missão e a visão da empresa, que tem como pilares para atingir os resultados, o comprometimento na entrega de valor para a sociedade, governança e gestão, incentivo inovação e tecnologia por meio de parcerias e pessoas.

O diretor-presidente destacou que a CPRM vai focar seu trabalho no conhecimento da superfície, ampliando oportunidades para a mineração, água, energia e alocação de resíduos. Para alcançar esse objetivo vai impulsionar novas tecnologias e inovação para fornecer novos dados e meios para modelar e prever processos geológicos, investigações geofísicas e geoquímicas de alta resolução e propor novos modelos e geológicos.

Eduardo Ledhsam também anunciou a criação de uma fundação científico-tecnológica com núcleo em inovação e tecnologia em tectônica, geofísica, geoquímica e recursos dos continentes e oceanos. Esse núcleo será alinhado com as principais expertises da instituição e demandas dos setores da mineração e óleo & gás, focando sua atuação em linhas de pesquisa voltadas para evolução continental e sistemas minerais, geologia marinha e análises de bacias, hidrosfera, solo e meio ambiente.

A parceria com o Serviço Geológico Alemão no projeto de Identidade Mineral da Província Estanífera de Rondônia foi apresentada pelo diretor-presidente. Ele destacou que a parceria vai desenvolver testes de processamento mineral de cassiterita nos locais onde destaques minerais foram identificados, com intuito de incrementar a eficiência, além de estudar ocorrências de subprodutos em escórias da metalurgia do estanho.

Programas de inovação e tecnologia em andamento pela CPRM também foram apresentados pelo diretor-presidente, entre eles, participação da CPRM programa One Geology, a disponibilização de mapa e base de dados geológicos, parceria com Serviços Geológicos: Europeu, Asiático, Americano; e a transferência de tecnologia para os países da América do Sul e África.

Dividido em painéis, o conteúdo do seminário, que reuniu especialistas brasileiros e alemães, de diversas vertentes atuais da mineração, com foco para a 4ª Revolução Industrial. Neste sentido, o encontro abordou a digitalização aplicada na indústria de mineração; como ganhar competitividade e redução de custos com as novas tecnologias; os avanços com o monitoramento online, além de cases para o gerenciamento de produção por meio da implementação de aplicativo móvel.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Exportação de pelotas aumenta 14,2% de janeiro a setembro

23 de novembro de 2017

Foram exportadas 22,5 milhões de toneladas de pelotas nos nove meses deste ano A exportação de pelotas, feita pela Vale,…

LEIA MAIS

Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS