NOTÍCIAS

Entrevista Pedro Garcia: o País precisa se ajustar ao cenário internacional

29 de junho de 2017

Pedro Garcia é sócio da Veirano Advogados. Sua prática se concentra em projetos e operações locais e internacionais, inclusive na negociação e redação de contratos comerciais, M&As e financiamentos

Quais são os principais desafios referentes ao tema financiamento para projetos de mineração?

Em um cenário de retomada do otimismo no setor, as empresas de mineração voltam a disputar lugar de atenção para a captação de recursos para investimentos em pesquisa mineral, reavaliação de recursos e reservas, implementação e lavra de novos projetos. É fundamental que as empresas compreendam, portanto, as alternativas disponíveis para cada fase de seus projetos, seja através de parcerias, alienações de participações societárias, emissão de títulos, empréstimos, royalties, streaming etc. O correto e prévio entendimento de eventuais empecilhos cambiais, fiscais e regulatórios, em particular na constituição de garantias, são essenciais para o sucesso das empresas na captação de recursos.

Quais são as soluções, na sua opinião, para os entraves da captação de recursos no setor minerário brasileiro?

O país precisa se ajustar ao cenário internacional e facilitar as diversas formas de captação de recursos, modernizando sua legislação, especialmente sob o prisma cambial, fiscal e regulatório. Além disso, a adoção de critérios internacionalmente aceitos para a definição de recursos e reservas será crucial para uma maior participação das empresas de mineração no mercado de capitais brasileiro.

Que alternativas podem ser adotadas para melhorar o acesso a obtenção de créditos para projetos na mineração?

Não são apenas as empresas mineradoras brasileiras que concorrem com empresas mineradoras operando em outros países. O país como um todo concorre – como potencial destino de investimentos em mineração – com outros países tradicionalmente mineradores. É fundamental que se transmita segurança jurídica e regras claras e comparáveis às vigentes em países concorrentes. Garantido-se critérios efetivos na concessão de garantias sobre direitos minerários, segurança quanto à tributação aplicável e eliminação de barreiras à participação de estrangeiros, o país pode se tornar mais competitivo e atraente.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



GEOAMERICAS 2020: Congresso de Geossintéticos totalmente online recebe inscrições até 26 de outubro

21 de outubro de 2020

Evento terá conteúdo relevante para profissionais e empresas que atuam no setor de mineração   Ainda dá tempo de participar…

LEIA MAIS

As conexões entre os fatos de hoje e as tecnologias de amanhã

14 de janeiro de 2019

Revista Época Negócios destacou a “A extração da Inovação”. A iniciativa surgiu de uma parceria entre as principais mineradoras brasileiras…

LEIA MAIS

Instituto Alcoa promove formação de professores em escolas públicas de Juruti

10 de setembro de 2018

Em busca de conhecimentos, experiências e avanços nas atividades escolares, cerca de 40 professores de escolas públicas de Juruti e…

LEIA MAIS