NOTÍCIAS

Exploração Mineral – Mbac cria subsidiária para exploração de Terras Raras em Araxá

13 de junho de 2012

rnPrefeito Jeová Moreira da Costa oficializou a doação de área de 110 hectares, às margens da BR-26rn rnA Mbac Fertilizantes se reuniu com a Prefeitura de Araxá e anunciou a criação da sua

rn

Prefeito Jeová Moreira da Costa oficializou a doação de área de 110 hectares, às margens da BR-26

rn

 

rn

A Mbac Fertilizantes se reuniu com a Prefeitura de Araxá e anunciou a criação da sua subsidiária Araxá Mineração e Metalurgia Ltda que será responsável pelo desenvolvimento do projeto de exploração das Terras Raras em Araxá.

rn

 

rn

A Mbac Fertilizantes se reuniu com a Prefeitura de Araxá e anunciou a criação da sua subsidiária Araxá Mineração e Metalurgia Ltda que será responsável pelo desenvolvimento do projeto de exploração das Terras Raras em Araxá. Durante o encontro no Tauá Grande Hotel, o prefeito Jeová Moreira da Costa oficializou a doação de uma área de 110 hectares na rodovia BR-262 para a instalação da empresa no município. 

rn

 

rn

Segundo Jeová, Araxá passa por mais um momento importante com a vinda definitivamente da Mbac para a cidade através da Araxá Mineração e Metalurgia Ltda. “Está será a primeira indústria a implantar uma planta piloto no novo Distrito Industrial Municipal que estamos criando nas imediações da BR- 262, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal. As perspectivas com relação às Terras Raras em Araxá não poderiam ser mais positivas. O nosso município irá passar por um novo desenvolvimento socioeconômico com a geração de emprego e renda para a população”, afirma o prefeito. 

rn

 

rn

O vice-presidente da Mbac Fertilizantes, Carlos Braga Filho, apresentou a razão social da subsidiária da empresa, a Araxá Mineração e Metalurgia Ltda, e informou que no momento está sendo desenvolvido pesquisas minerais em uma área de 214 hectares localizada no Complexo do Barreiro. Ele explicou que a estimativa inicial é de recursos minerais inferidos de 8 milhões de toneladas, com teor de mais de 4% de óxidos de Terras Raras. “Estamos desenvolvendo o projeto Terras Raras em Araxá há bastante tempo e alcançamos avanços interessantes tanto na parte de tecnologia como no conhecimento da reserva mineral do município, além da busca de parceiros para a aquisição do produto que poderá ser produzido aqui. A doação da área no novo DI de Araxá é importante para viabilizar o empreendimento, pois teremos a lavra aqui no Barreiro onde estão os direitos minerais e a transferência deste minério para ser processado nesta área industrial e a produção efetiva das Terras Raras”, diz Carlos Braga. 

rn

 

rn

Segundo o vice-presidente da Mbac, nos próximos 60 dias devem ser concluídas as pesquisas minerais para a apresentação de um relatório final e o conhecimento geral da jazida de Araxá. “Em paralelo estamos desenvolvendo uma rota tecnologia de aproveitamento deste material com sucesso em uma escala inicial de laboratório e estamos agora buscando a montagem de uma planta piloto para a produção e separação de alguns óxidos. Posteriormente passaremos para nova etapa, a parte de engenharia e construção o que pode levar pelo menos um ano.”, explica Carlos Braga. De acordo com ele, as Terras Raras são formadas por 17 elementos químicos, dos quais um só é criado em laboratório e dos outros 16 que são encontrados na natureza. As pesquisas já realizadas em Araxá descobriram 14 destes elementos na área de mineração da Mbac em Araxá. “Estes 14 elementos identificados em Araxá é um número bastante significativo, sendo todos eles compostos do principal mineral que é a monazita”, afirma o vice-presidente da Mbac. 

rn

 

rn

Carlos Braga diz que o local a ser explorado pela Mbac está no mesmo complexo mineral da CBMM, mas que são áreas diferentes e projetos distintos. “Nós somos vizinhos e temos um relacionamento cordial apesar de certa forma sermos concorrentes neste setor de Terras Raras”, concluiu o industriário. 

rn

 

Fonte: Jornal Araxá

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Inscrições abertas para o Simpósio do Ouro e Metais Nobres em Minas Gerais

8 de outubro de 2018

studos do Conselho Mundial do Ouro (World Gold Council – WGC) apontam que a expansão da classe média na China…

LEIA MAIS

5 dicas para manutenção eficaz em mineradoras

3 de dezembro de 2018

Manter o maquinário em bom estado de funcionamento é um dos maiores desafios das mineradoras. Instalados em ambientes extremos e…

LEIA MAIS

Estão abertas inscrições para treinamento sobre Apreciação de Risco em Máquinas da Schmersal

22 de outubro de 2018

Multinacional alemã líder mundial em sistemas de segurança para máquinas industriais, a Schmersal divulga o inicio das inscrições para o…

LEIA MAIS