NOTÍCIAS

INDÚSTRIA DA MINERAÇÃO GANHA UMA NOVA FERRAMENTA DE CONHECIMENTO: O PRIMEIRO ANUÁRIO MINERAL DO PARÁ

15 de março de 2012

rnIniciativa do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) incentiva a difusão da cultura mineral no Estado rnCom o mote “A informação a serviço do desenvolvimento sustent

rn

Iniciativa do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) incentiva a difusão da cultura mineral no Estado 

rn

Com o mote “A informação a serviço do desenvolvimento sustentável da mineração”, o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), lança o Primeiro Anuário Mineral do Pará. A iniciativa é pioneira para o setor e contêm números expressivos da produção, exportação, investimentos, geração de empregos e benefícios para a comunidade, além de matérias e entrevistas com autoridades e renomados profissionais do Estado. 

rn

 Para o Presidente do Simineral, José Fernando Gomes, o Anuário é muito mais do que um veículo de informação do setor. “Ele é uma ferramenta de consulta e uma vitrine do que há de melhor no mineral-negócio paraense. Além disso, agregará visão de futuro, tendências em inovação, tecnologia e sustentabilidade, valorizando as pessoas que atuam na indústria da mineração e colaboram para o seu desenvolvimento”, afirma. 

rn

 No exemplar, constam matérias sobre novas tecnologias, mineração sustentável e meio ambiente, saúde e segurança no trabalho, mão de obra qualificada e o destaque para o avanço das mulheres na indústria mineral. Além de grandes reportagens, o Anuário conterá também, entrevistas com personalidades do Pará, como o Vice-Governador do Estado, Helenilson Pontes; o Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Pará, Manoel Pioneiro; o Prefeito de Paragominas, Adnan Demachki, entre outros. 

rn

 Com o objetivo de disseminar a cultura da mineração, o Simineral, lançará o Anuário, também, nas principais regiões mineradoras do Estado, para que o exemplar possa servir como um novo canal de interlocução. Nas demais ações do Sindicato estão a entrega de mais de 1.200 exemplares digitais às escolas públicas e instituições de ensino superior, e a realização de concursos e premiações sobre o setor. 

rn

 O lançamento do Anuário conta com o apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), que, segundo o Presidente interino, Rinaldo Mancin, consolida e dissemina informações realistas sobre a indústria mineral. “Em estados como o Pará, onde a atividade está crescendo cada vez mais, é preciso iniciativas como esta para levar ao público informações sobre a indústria mineral. Com base no Anuário, tanto a população quanto os empresários locais e de toda a região Norte poderão ter acesso inicial à mineração”, afirma. 

rn

Mineração – A indústria mineral tem grande peso na balança comercial do Estado do Pará, onde responde por mais de 92% das exportações, figurando como o principal setor a contribuir para o superávit paraense na relação comercial com outros países. Além disso, o setor da mineração é o que mais investe no Pará. Até 2016, o Simineral estima US$ 41 bilhões em investimentos, com aportes destinados à indústria extrativa (US$ 22 bilhões),  transformação mineral (US$ 7 bilhões), infraestrutura (US$ 11 bilhões) e novos negócios (US$ 1,6 bilhão). Na cadeia produtiva mineral, a geração de emprego e renda totaliza 232 mil postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos. 

rn

 

Fonte: IBRAM

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



LITOTECA DA CBPM É REABERTA

5 de outubro de 2015

Os interessados em fazer consultas em amostras de testemunhos de sondagem de projetos pesquisados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) já podem programar visitas à Litoteca da empresa.

LEIA MAIS

Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS

Produção de minério de ferro da BHP cai 4% no trimestre

20 de outubro de 2017

Os números levam em consideração o minério de ferro produzido pela BHP e em parcerias em joint ventures

LEIA MAIS