NOTÍCIAS

Inovar vai além: como a mineração faz parte da vida de pacientes que venceram o câncer

26 de julho de 2017

A história real de Bárbara e Sueli inspirou o segundo vídeo da campanha de inovação da Vale, lançado hoje nas suas plataformas digitais

Bárbara Nhiemetz, 24 anos, passou a infância vendo a sua mãe, Sueli Lamero, 59 anos, lutar contra um câncer de mama. Superada a doença, as cicatrizes ficaram. Quinze anos depois, Bárbara, agora adulta e trabalhando como tatuadora em Curitiba, começou a desenvolver um trabalho voluntário em que cobre as cicatrizes de mulheres que venceram o câncer de mama. A que a emocionou, claro, foi sua mãe. “Eu utilizo a minha arte para devolver a autoestima para as pessoas”, explica Bárbara.
 
E como a mineração faz parte desse processo? O minério de ferro é a matéria-prima usada na fabricação do aço, que, por sua vez, é usado para fazer as agulhas que desenham as tatuagens. Por causa dele, principal produto da Vale, foi possível mudar a vida de Sueli, Bárbara e tantas outras pessoas.
 
Sobre a campanha
 
A campanha da Vale consiste em uma série de vídeos que abordam o conceito de inovação para além da criação de novas tecnologias, trazendo histórias reais de pessoas que tiveram sua vida modificada a partir de produtos que só existem por causa da mineração. Entre os objetivos da campanha está o de reforçar práticas e valores que apontam para o futuro da mineração, que envolve proximidade com as comunidades, habilidade de escuta e construção de relações de ganha-ganha.
 
“No entendimento da Vale, a inovação é um agente de transformação que faz com que pessoas e marcas cresçam e evoluam. Esse é um valor no qual a nossa empresa acredita e que tem relação direta com o nosso propósito”, explica Mônica Ferreira, gerente de mídias digitais e relacionamento com a imprensa.
 
O primeiro vídeo foi lançado em maio e pode ser conferido no site vale.com/valenasuavida
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Samarco: os três anos do rompimento de Fundão

5 de novembro de 2018

O rompimento da barragem de Fundão completa 3 anos. Uma realidade que faz parte da jornada da Samarco. O dia…

LEIA MAIS

Royalty: mineradoras recolhem mais CFEM em 2018

5 de abril de 2018

A arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), considerada o royalty da mineração, totalizou R$ 211 milhões no mês…

LEIA MAIS

Centro de Operações Integradas completa um ano de funcionamento

24 de setembro de 2018

A integração da cadeia de valor de Ferrosos, por meio do Centro de Operações Integradas (COI), é uma realidade na…

LEIA MAIS