NOTÍCIAS

Liebherr monta operação especial para transporte de escavadeira de grande porte

24 de julho de 2015

A Liebherr, fabricante de equipamentos alemã com sede na Suíça, se uniu à Wallenius Wilhelmsen Logistics (WWL) e à Wallenius Wilhelmsen Logistics para Serviços Anormais (WWL ALS) para levar o seu carro-chefe,

A Liebherr, fabricante de equipamentos alemã com sede na Suíça, se uniu à Wallenius Wilhelmsen Logistics (WWL) e à Wallenius Wilhelmsen Logistics para Serviços Anormais (WWL ALS) para levar o seu carro-chefe, o R9800, uma das maiores escavadeiras de mineração no mundo, em uma verdadeira “operação de guerra” de sua fábrica em Colmar, França, para seu destino em Durban, na África do Sul.

rn

A Liebherr R9800 foi desenvolvida para otimizar operações de mineração em grande escala. O equipamento tem um peso operacional de até 810.000 kg e motor com potência de 4.000 Hp. A escavadeira é considerada adequada para carregar caminhões de 200 a 380 toneladas, uma vez que a pá tem capacidade para 42 toneladas, considerando a densidade do material em 1,8 toneladas por metro cúbico.

rn

Essa máquina, em especial, foi vendida para a Kumba Iron Ore, empresa da Anglo American, que é a maior produtora de minério de ferro na África.

rn

Com os rígidos regulamentos de transporte na África do Sul e uma estreita janela de desembarque no local, era muito importante para a Liebherr encontrar uma solução para levar o equipamento para seu cliente de uma forma segura e eficiente. Quaisquer atrasos na entrega teriam um efeito sobre a remontagem dos componentes, com o potencial de suspender a produção e gerar tempo de inatividade para o cliente final, diz um comunicado da WWL.

rn

A equipe WWL ALS em Moerdijk, Holanda, foi a responsável pela organização e coordenação do transporte, trabalhando em estreita colaboração com WWL para assegurar que os componentes chegassem ao Porto de Zeebrugge, na Bélgica, a tempo de cumprir o cronograma de navegação de um navio do tipo roll-on roll-off (RO/RO) da WWLs.

rn

Um membro da equipe de WWL ALS esteve presente ao longo de todo o processo de carga e descarga. Os componentes desmontados, que tinham até 11 metros de comprimento, mais de 100 toneladas de peso e mais de 4 metros de altura foram transportados por terra até o porto fluvial, em Estrasburgo, França.

rn

A carga foi então carregada em uma barcaça que chegou ao porto de Zeebrugge em tempo. Com diferentes alturas, vários reboques rebaixados tipo MAFI foram usados para transferir os componentes da máquina escavadora com segurança para o navio M/V Tortugas da WWL pronto para a viagem em direção à África do Sul.

rn

Clique aqui e acesse a matéria.

rn

 

rn

 

 

Fonte: Notícias de Mineração Brasil

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



BH recebe 2º edição do evento “Fornecedores de Tecnologias para gestão e manejo de rejeitos de mineração”

28 de outubro de 2019

Empresas brasileiras e também companhias com atuação internacional que atuam no desenvolvimento de soluções para a gestão e o manejo…

LEIA MAIS

Instituto Alcoa promove formação de professores em escolas públicas de Juruti

10 de setembro de 2018

Em busca de conhecimentos, experiências e avanços nas atividades escolares, cerca de 40 professores de escolas públicas de Juruti e…

LEIA MAIS

Produção da Vale bate recorde no trimestre

20 de outubro de 2017

O complexo atingiu recorde trimestral de 45 Mt no terceiro trimestre, ao produzir 8,5% a mais do que no segundo trimestre.

LEIA MAIS