NOTÍCIAS

Mineradora de Eike prevê investir R$ 2 bilhões este ano

20 de março de 2013

rnA MMX, braço de mineração do Grupo EBX, anunciou ontem investimentos em torno de R$ 2 bilhões em 2013. O número exato deverá ser definido em 90 dias, quando o presidente da empresa, Carlos Gonzales, promete

rn

A MMX, braço de mineração do Grupo EBX, anunciou ontem investimentos em torno de R$ 2 bilhões em 2013. O número exato deverá ser definido em 90 dias, quando o presidente da empresa, Carlos Gonzales, promete concluir uma revisão no planejamento estratégico da mineradora.

rn

Em teleconferência realizada ontem para comentar os resultados da MMX – que fechou 2012 com prejuízo de R$ 795,7 milhões -, o executivo reforçou que o foco será concluir o Superporto do Sudeste (RJ) e impulsionar a expansão do projeto de minério de ferro Serra Azul.

rn

O pesado plano de investimentos foi apontado pelo JPMorgan como o principal fator para o aumento da dívida líquida da companhia no quarto trimestre de 2012. “Os investimentos ficaram em R$ 719 milhões no quarto trimestre do ano passado, 68% acima das nossas estimativas de R$ 427 milhões”, apontaram os analistas Rodolfo R. De Angele, Mandeep Singh Manihani e Lucas Ferreira.

rn

Gonzales enfatizou a preocupação da MMX em obter a licença de instalação da barragem na Unidade de Serra Azul, em Minas Gerais. O sinal verde da autoridade ambiental é considerado fundamental para destravar o crédito de até R$ 3,2 bilhões que a companhia solicitou ao BNDES para a expansão da mina, orçada em R$ 4,8 bilhões. A captação de recursos é hoje o maior gargalo do grupo EBX. “O que vai soltar o gatilho do crédito no BNDES é a licença de instalação da barragem”, disse Gonzales a analistas.

rn

Venda. A MPX, braço de energia do grupo EBX, confirmou ontem que o empresário Eike Batista está negociando a venda de ações da companhia. Em comunicado ao mercado, a companhia informou que não há qualquer documento assinado até o momento. Conforme noticiou o Estado, o grupo alemão E. ON está negociando a compra de metade das ações de Eike na MPX por cerca de R$ 1,8 bilhão. Os papéis representariam de 27% do capital da empresa. / COLABOROU EULINA OLIVEIRA

rn

 

rn

 

rn

 

Fonte: Estadão

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS

CADE aprova compra da Ferrous pela Vale

3 de junho de 2019

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle acionário da mineradora Ferrous…

LEIA MAIS

Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS