NOTÍCIAS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio de hoje (1). A comparação é feita com os preços de fechamento. O volume total negociado saiu de 109 bilhões para 119,5 bilhões de iuanes, o equivalente a 278 milhões de toneladas de minério de ferro. O contrato de minério para entrega em maio de 2018, segundo mais negociado, foi cotado a 452 iuanes, ou US$ 68,50 a tonelada, com baixa de 0,11%. Com informações da Bolsa de Mercadorias de Dalian, na China.
 
Cidade chinesa corta 18 Mt de produção de aço
 
Os contratos futuros de aço tiveram alta na China nesta quarta-feira (1) com a cidade de Tangshan iniciando cortes de capacidade de produção para atender aos pedidos do governo que quer reduzir o smog no inverno que se aproxima. Tangshan, que fica na província de Hebei no norte do país, vai reduzir temporariamente sua capacidade em 18,21 milhões de toneladas de aço do meio de novembro até meados de março. "A redução de capacidade é ligeiramente mais baixa do que o mercado esperava. E o que importa mesmo é se o corte de produção pode ser implementado integralmente, o que depende do clima, logo as perspectivas continuam incertas", disse Zhao Chaoyue, analista na Merchant Futures em Shenzhen. Com informações da Reuters.
 
Minério de Carajás vendido em porto chinês se mantém a US$ 97,75
 
O preço do minério de ferro de Carajás (IOCJ), com 65% Fe, vendido no porto de Qingdao, na China, está cotado a 645 iuanes, cerca de US$ 97,75 por tonelada, pelo câmbio de hoje (1), diz a provedora de informações Umetal. Há uma semana, o mesmo produto estava cotado a 700 iuanes, pouco mais do que US$ 106. No mesmo porto, o minério granulado proveniente da África do Sul foi cotado a 785 iuanes, quase US$ 119 a tonelada, sem alteração.
 
Fonte: Notícias de Mineração do Brasil
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM renova liderança e defende protagonismo do setor

21 de janeiro de 2019

Com grande experiência nos setores público e privado, Jerson Kelman assume a presidência do IBRAM; presidente do Conselho, Luiz Eduardo…

LEIA MAIS

Vale promove jornada de Inteligência Artificial para atrair estudantes à carreira de cientista de dados

21 de outubro de 2020

A Vale vai promover uma Jornada de Introdução à Inteligência Artificial com o objetivo de divulgar a carreira de cientista…

LEIA MAIS

Serra Verde é a primeira mineradora brasileira a obter o selo Safeguard Covid-19

27 de outubro de 2020

A Serra Verde Pesquisa e Mineração (SVPM), empresa que desenvolve um projeto de concentrado de terras raras em Minaçu, Goiás,…

LEIA MAIS