NOTÍCIAS

Ouro encerra junho como melhor investimento

2 de julho de 2012

rnNa outra ponta, após três meses como melhor aplicação, o dólar encerrou junho como o pior investimento, ficando atrás do Ibovespa.rnCom ganhos de 2,33% no mês, o investimento em ouro apareceu

rn

Na outra ponta, após três meses como melhor aplicação, o dólar encerrou junho como o pior investimento, ficando atrás do Ibovespa.

rn

Com ganhos de 2,33% no mês, o investimento em ouro apareceu como destaque no ranking de aplicações.

rn

Especialistas acham que a tendência é o preço continuar a subir este ano. Em Nova York, a estimativa dos especialistas é que a cotação alcance US$ 1,9 mil até dezembro.

rn

Para quem está pensando em investir, o consultor financeiro Gustavo Cerbasi faz a seguinte ponderação: enquanto os títulos do governo têm comportamento previsível, o ouro se guia pela oferta e demanda e pela aversão a risco.

rn

“Ou seja, há aumento da cotação na crise causada pela maior demanda, mas não está condicionado a indicadores. Depende, portanto, do humor do mercado”, alerta.

rn

E investir é muito mais simples do que se imagina. É possível comprar o metal em formato de barras, contratos no mercado à vista e futuro na bolsa de valores e aplicar em fundos de investimentos que acompanham a cotação do ouro.

rn

No entanto, Cerbasi alerta: “O ouro ainda não desperta grande interesse dos investidores no país, por isso sua baixa liquidez”. Na carteira, recomenda o especialista, o metal deve ter espaço limitado a não mais do que 10%. “Por ser um instrumento defensivo, o importante é antecipar as tendências, o que não é fácil”.

rn

Já o dólar, que ficou até ontem como segundo melhor investimento no mês (+2,97%), caiu forte nesta sexta-feira (29/6), levando a divisa para o pior investimento no período.

rn

O motivo segundo André Ferreira, diretor da Futura Corretora, foi a emissão de contratos de swaps feita pelo Banco Central (BC) e a notícia de que a Zona do Euro fechou acordo para recapitalizar bancos.

rn

A moeda americana encerrou o pregão com queda de 3,18%, resultando em uma perda mensal de 0,40%.

rn

“O dólar não é um bom investimento, pois é um ativo controlado”, disse o diretor, que recomenda para os interessados um investimento máximo de 20% do patrimônio.

rn

Ferreira afirma ainda que o dólar está passando por um momento de estresse, mas ele acredita que o ativo deve se acomodar nos próximos dias no patamar entre R$ 1,90 a R$ 1,95.

rn

Ibovespa

rn

A crise econômica mundial tem afetado o rendimento daqueles que apostam na bolsa. Com isso, o Ibovespa fechou junho com desvalorização de 0,25%, ficando a frente apenas do dólar.

rn

A queda do índice paulista tem como motivo o receio diante do cenário econômico na Europa.

rn

De acordo com o administrador de investimentos, Fabio Colombo, o mercado brasileiro seguiu o desempenho mediano das bolsas mundiais. “Em termos estatísticos, a projeção para os próximos 12 meses é um ponto médio de 69 mil pontos para o Índice Bovespa.”

rn

 

Fonte: Brasil Econômico

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Gerdau apoia workshop do projeto Gustavo Penna 73/23

19 de novembro de 2018

Hoje e amanhã (19 e 20 de novembro), a Escola de Arquitetura e Urbanismo da PUC Minas – Poços de…

LEIA MAIS

AngloGold Ashanti realiza simulado de emergência de barragem na comunidade de Barra Feliz

19 de novembro de 2018

Terceiro evento em Santa Bárbara mobiliza moradores. Mais de 240 se envolveram na ação, 60% do público-alvo. Próximo treinamento ocorrerá…

LEIA MAIS

Centro de Tecnologia de Ferrosos da Vale completa 10 anos

15 de outubro de 2018

A Vale possui um dos mais avançados centros de pesquisas na aplicação de minério de ferro e carvão na siderurgia….

LEIA MAIS