NOTÍCIAS

Usos e aplicações de terras raras são discutidos em workshop

17 de maio de 2012

rn“O Brasil tem dependência de elementos terras raras e enfrenta dificuldades na aquisição de lantânio”, afirmou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Cla

rn

“O Brasil tem dependência de elementos terras raras e enfrenta dificuldades na aquisição de lantânio”, afirmou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Claudio Scliar, na abertura do workshop “Terras Raras: Cenários Prospectivos Globais e Escolha do Cenário de Referência – 2012 a 2030”, realizado pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), nesta quarta-feira (16).

rn

 

rn

Segundo Claudio Scliar, o lantânio é um dos elementos de terras raras (ETRs), utilizado na produção de catalisadores essenciais para o refino de petróleo, particularmente as unidades craqueamento em leito fluidizado (sigla em inglês, FCC).

rn

 

rn

 Scliar reconheceu que o principal desafio que o setor mineral terá que enfrentar, para viabilizar novos projetos de minerais de Terras Raras, é garantir o acesso das empresas interessadas nos minerais que são descartados nos processos produtivos de outras empresas de mineração, que exploram outras substâncias. “Esta seria a forma mais rápida do país aumentar suas reservas minerais, além dos levantamentos geológicos conduzidos pelo Serviço Geológico do Brasil – CPRM”, finalizou.

rn

 

rn

O evento foi solicitado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação com o objetivo de identificar tendências, perspectivas e incertezas críticas associadas ao panorama mundial de terras raras; de verificar a situação atual e as condicionantes do futuro; construir cenários alternativos e escolher o cenário de referência mundial e de analisar as implicações e opções estratégicas para o Brasil, tendo como pano de fundo o cenário de referência mundial e a cadeia causal resultante do trabalho preparatório (realizado pelo CGEE junto à governança do projeto).

rn

 

rn

O Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) está desenvolvendo o Estudo de Usos e Aplicações de Terras Raras no Brasil, cujo objetivo é identificar as contribuições de diversas instituições e de seus especialistas com relação ao tema Terras Raras no País, tratando assim de eventuais lacunas existentes no intuito de consolidar um documento com proposições e recomendações estratégicas sobre as formas de enfrentamento desse problema potencial para o País.

rn

 

rn

Na mesa estiveram presentes o Dr. Fernando Rizzo, diretor do CGEE,. Adalberto Fazzio, assessor especial do Ministério de Ciência, Tecnologia e Informação e Guilherme Melo, diretor do CNPq.

rn

 

rn

O workshop será realizado nos dias 16 e 17 de maio, com a participação de representantes do governo, empresas e instituições de ciência e tecnologia.

rn

rn

 

Fonte: Ministério de Minas e Energia

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Alcoa comemora 9 anos ajudando a transformar a vida das pessoas em Juruti

24 de setembro de 2018

Desde a chegada em Juruti, a empresa já investiu mais de R$ 9,5 milhões em iniciativas voluntárias em comunidades e…

LEIA MAIS

Participe do I Seminário de Extensionismo Técnico Mineral

15 de outubro de 2018

Estão abertas as inscrições para o I Seminário de Extensionismo Técnico Mineral. O evento, promovido pela Agência Nacional de Mineração (ANM),…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS